Islândia – paisagens inspiradoras



a fotógrafa Sarah Martinet registrou estas belíssimas paisagens da Islândia em sua vigem recente ao país. equipada com sua câmera, elas fez estas imagens sensacionais de um avião.

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

Islândia - paisagem

via



Não tive tempo de escrever o título



1 minuto, esse é meu primeiro post e eu sei que você está sem tempo.

Quantas vezes pensamos e ouvimos as seguintes frases?

“Não tenho tempo”
“Sou muito ocupado”
“Depois eu vejo isso”
“Deixa para amanhã”
“Meu dia está cheio”
“Estou cansado de tanto trabalhar”
 

A verdade é que não ouvimos mais,  vivemos num mundo ansioso, com pressa e nem mesmo sabemos o motivo. Queremos tudo urgente. É quase um vício social dizer que estamos muito ocupados, ou uma síndrome “sou gente importante” e não tenho tempo para ouvir, aprender, ensinar, falar e pensar.

Não quero ficar aqui teorizando o tempo todo, mas num momento que se fala tanto em inovação e criatividade nos negócios, acho prudente buscar e compartilhar ideias, pensamento e atitudes que possam  ajudar e melhorar nosso dia a dia, ou para quem quiser, o mundo em que vivemos.

Esse é meu primeiro post no blog e gostaria de agradecer ao Paulo pela oportunidade, vou compartilhar um pouco de pensamentos e ideias nesse mundo “supostamente criativo”.

E você, tem 7 minutos para ver e ouvir esse vídeo abaixo?
Fala sobre o “enorme” exercício de ouvir



TED – David Kelley: como construir sua confiança criativa



David Kelley

mais um vídeo inspirador do TED. David Kelley conta um pouco sobre confiança em sua própria criatividade.



Prince St Cafe



identidades de café sempre são ótimas fontes de inspiração:

Prince St Cafe

Prince St Cafe

Prince St Cafe

Prince St Cafe

Prince St Cafe

via



TED – Phil Hansen: aceite o tremor



Phil Hansen

quando Phil Hansen era estudante de artes, um tremor em sua mão direita impediu que ele continuasse fazendo os desenhos que mais adorava fazer, com estilo de pontilismo. e decidiu tentar fazer o que um neorologista o indicou: aceite o tremor, e o transcenda.

Phil Hansen

neste vídeo, Phil conta como superou a dificuldade e limitação física para fazer sua arte, e como isso o tornou mais criativo. usar estes mesmos limites como trampolim para pensar fora da caixa e ser inovador, como a pintura que ele fez do Bruce Lee apenas dando golpes de karatê na tela.

Phil Hansen



Ronnie Goodman – quando ele está correndo, ele está correndo



Ronnie Goodman

Ronnie Goodman gosta de correr, mas sua história é um pouco diferente do que você deve imaginar.

ele passou por maus momentos, e agora ele vai participar da Maratona de São Francisco para arrecadar dinheiro para quem esteve ao lado dele quando ele mais precisou.

via



banco TD Canada Trust cria um caixa eletrônico de “obrigado”



TD Canada Trust Bank - ATM

o banco TD Canada Trust fez esta ação incrível, na qual alguns de seus clientes foram selecionados para interagir e serem surpreendidos por um caixa eletrônico que os agradece por fazerem parte da história do banco.

uma ação que só foi possível por conta do relacionamento dos gerentes de cada um dos clientes mostrados, uma vez que depende do conhecimento de fatos e histórias íntimas, algumas vezes mais tristes do que felizes.



tattoos de designers sobre design



algumas tattoos de designers sobre sua maior paixão: design!

tattoos-design-01

tattoos-design-02

tattoos-design-03

tattoos-design-04

tattoos-design-05

tattoos-design-07

tattoos-design-08

tattoos-design-09

tattoos-design-10

tattoos-design-11

tattoos-design-06

tattoos-design-12

tattoos-design-13

 

via



cachorro e criança dormindo em fotos incríveis



fotos do instagram da americana Jessica Shyba. cenas carregadas com fofura, entre seu filho e seu cachorro dormindo lado a lado:

crianca-e-cachorro-dormindo-05

crianca-e-cachorro-dormindo-06

crianca-e-cachorro-dormindo-07

crianca-e-cachorro-dormindo-08

crianca-e-cachorro-dormindo-09

crianca-e-cachorro-dormindo-013

crianca-e-cachorro-dormindo-04

crianca-e-cachorro-dormindo-012

crianca-e-cachorro-dormindo-03

crianca-e-cachorro-dormindo-011

crianca-e-cachorro-dormindo-02

crianca-e-cachorro-dormindo-010

crianca-e-cachorro-dormindo-01

via



8 coisas que chefes realmente incríveis acreditam



8 coisas que chefes realmente incriveis acreditam geoffrey james boteco design

o autor Geoffrey James, autor de diversos livros sobre marketing e negócios, fez esta lista com 8 coisas que chefes realmente incríveis acreditam. o Boteco Design! achou a lista incrível e que poderia servir de inspiração para nossos leitores para refletirem sobre o ambiente em que trabalham como funcionários, ou então se são chefes incríveis ou acabam cometendo os mesmos erros que o autor aponta como de chefes medianos.

Geoffrey nos deu autorização para traduzir e publicar seu texto. procuramos deixar este texto o mais próximo possível do original em inglês, com poucas adaptações. esperamos que ele sirva como inspiração para que você se torne um chefe incrível, e que tenha muito sucesso na sua empresa. e fiquem a vontade para compartilhar suas opiniões ou reflexões nos comentários.

esta lista foi retirada de seu livro Business Without the Bullsh*t (US$ 25 na Amazon). vamos lá:

1 – Negócios são ecossistemas, não campos de batalha

chefes medianos encaram os negócios como embates entre empresas, departamentos e grupos. eles constroem exércitos para dar ordens, demonizar competidores como “inimigos” e tratar consumidores como território a ser conquistado.

chefes incríveis enxergam negócios como uma simbiose através da qual a empresa mais diversificada é mais provável de sobreviver e prosperar. eles criam equipes que se adaptam facilmente a novos mercados e conseguem rapidamente formar parcerias com outras empresas, clientes e até mesmo competidores.

 

2 – Uma empresa é uma comunidade, não uma máquina

chefes medianos consideram suas empresas máquinas, e os funcionários como engrenagens. eles criam estruturas rígidas com regras rígidas e tentam manter controle puxando alavancas e manobrando o navio.

chefes incríveis enxergam as empresas como um conjunto de esperanças e sonhos individuais, todos conectados por um objetivo maior. eles inspiram os funcionários para se dedicarem ao sucesso de seus colegas e, consequentemente, para a comunidade e a empresa.

 

3 – gerenciamento é serviço, não controle

chefes medianos querem que os empregados façam exatamente o que lhes foi dito. estão sempre muito cientes de tudo que cheira a insubordinação e criam ambientes nos quais a iniciativa individual é esmagada pela mentalidade “vamos esperar e ver o que o chefe diz”.

chefes incríveis criam uma direção geral e se comprometem a obter recursos que os empregados precisam para fazer o trabalho. eles empurram a tomada de decisões para baixo na hierarquia, permitindo que as equipes criem suas próprias regras, e intervém apenas em emergências.

 

4 – funcionários são semelhantes, não crianças

chefes medianos enxergam funcionários como inferiores, seres imaturos que simplesmente não podem ser confiados se não estiverem sendo vigiados de perto por um gerente. os funcionários tiram suas dicas desse comportamento e gastam energia em parecerem ocupados e se blindando de problemas.

chefes incríveis tratam todos os funcionários como se ele ou ela fossem a pessoa mais importante na empresa. excelência é esperada em todos os lugares, da doca de carregamento a sala de reunião, e como resultado, funcionários fazem o seu melhor para eles mesmos, o chefe e a empresa.

 

5 – motivação vem através de visão, não de medo

chefes medianos vêem medo – de ser demitido, de ser ridicularizado, ou perda de privilégio – como meios cruciais de motivar as pessoas. como resultado, funcionários e gerentes tornam-se paralisados e incapazes de tomar decisões arriscadas, mesmo quando estas decisões são cruciais para a sobrevivência da empresa.

chefes incríveis inspiram as pessoas a enxergarem um futuro melhor e como eles serão parte disso. funcionários trabalham mais duro quando eles acreditam nos objetivos da empresa, realmente gostam do que fazem, e claro, sabem que farão parte da recompensa.

 

6 – mudança é igual a crescimento, não dor

chefes medianos enxergam mudanças como complicadas e ameaçadoras, algo para ser aturado apenas quando a empresa estiver muito desesperada. eles inconscientemente deixam para fazer uma mudança radical quando já é tarde demais.

chefes incríveis encaram as mudanças como parte inevitável da vida. apesar de não valorizarem a mudança por si mesmas, eles sabem que o sucesso só é possível se funcionários e empresa abraçarem novas ideias e novas maneiras de fazer negócios.

 

7 – tecnologia oferece poder, não automação

chefes medianos são adeptos da ultrapassada visão de que a tecnologia é primordialmente um meio de aumentar o controle de gerenciamento e aumentar a previsibilidade. eles instalam sistemas centralizados de computador que retiram dos funcionários o poder de tomar decisões.

chefes incríveis enxergam a tecnologia como um meio de libertar as pessoas para serem mais criativas e construir relacionamentos melhores e mais fortes. quando trabalham com a área de TI, eles adaptam o back-office dos sistemas para ferramentas que as pessoas realmente querem usar – como tablets e smartphones.

 

8 – trabalho deve ser divertido, não fadiga

chefes medianos têm a noção de que trabalho, no seu melhor, é um mal necessário. eles esperam que os funcionários se resintam de ter de trabalhar, e portanto tendem a subconscientemente definir a si mesmos como opressores e seus funcionários como vítimas. todos então se comportam de acordo.

chefes incríveis vêem trabalho como algo que deveria ser divertido e gostoso, e portanto acreditam que um dos trabalhos mais importantes de um gerente é, até onde for possível, colocar as pessoas em trabalhos que as façam felizes, e que fazem com que mais trabalho seja feito.

 

EM RESUMO, PENSANDO COMO OS CHEFES INCRÍVEIS:
  • NEGÓCIO é um ecossistema, então coopere, não lute
  • EMPRESAS são comunidades, então trate as pessoas como indivíduos
  • GESTÃO é o serviço, então faça outros terem sucesso antes
  • FUNCIONÁRIOS são seus semelhantes, então os trate como adultos
  • MOTIVE com visão, porque medo apenas paralisa
  • MUDANÇA é crescimento, então receba de braços abertos ao invés de evitá-la
  • TECNOLOGIA elimina burocracia e liberta a criatividade
  • TRABALHO é divertido, então não o torne uma coisa tarefa chata

 

via