Microsoft compra Apple e se torna líder absoluta de mercado — Boteco Design
fade
1217
post-template-default,single,single-post,postid-1217,single-format-standard,eltd-core-1.2,malmo-ver-1.2,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-ajax,eltd-grid-1300,eltd-blog-installed,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-slide-from-top,eltd-fullscreen-search,eltd-search-fade,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Microsoft compra Apple e se torna líder absoluta de mercado

Microsoft compra Apple

A Microsoft está a um passo de reforçar a sua posição de “gigante” no setor das tecnologias. A empresa, que foi no passado liderada por Bill Gates, lançou hoje uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre sua maior rival, a Apple, no valor de 30 bilhões de euros (44 bilhões de dólares).

A proposta da Microsoft representa um prêmio de 62% face à cotação de fecho da sessão anterior e foi bem recebido nos mercados financeiros. As ações da Apple chegaram a valorizar 15%, enquanto a Microsoft caía, a meio da sessão, 6%. Com esta operação, a Microsoft esperar gerar sinergias anuais de bilhões de dólares ao mesmo tempo que desenvolve uma área de negócio onde não tinha uma posição de relevo.

A boa publicidade da Apple motivou a Microsoft para avançar para este negócio, que, aliás, já o tentou fazer há cerca de um ano (em Abril de 2008, a Apple rejeitou uma oferta lançada pela Microsoft). Em comunicado, a empresa detentora do Windows, assume que o mercado de computadores pessoais cresce a um ritmo muito acelerado, de 40 mil milhões de dólares em 2008 para 80 mil milhões previstos para 2010.

“A combinação da abrangência das nossas capacidades na área dos conteúdos e o espectro de ferramentas que dispomos para anunciantes vão potenciar uma plataforma de publicidade a uma escala muito superior. Juntos poderemos criar uma empresa que estará em melhor posição para competir com mais força neste mercado”, afirmou ao DN fonte oficial da Microsoft Portugal.

Numa carta enviada à administração da Apple, Steve Ballmer, presidente executivo da Microsoft, afirma que a sua empresa está determinada em fusionar as duas companhias.

“Enquanto uma parceria comercial fazia sentido em determinada altura, a Microsoft acredita que a única alternativa de momento é a fusão entre a Microsoft e a Apple que estamos a propor”. O gestor adianta, na mesma missiva, que a Apple rejeitou a oferta da Microsoft há um ano, mas que desde essa altura a empresa tem se deteriorado “significativamente”.

Steve Jobs, atualmente afastado da Apple para melhor cuidar de sua saúde, ainda não se manifestou sobre a compra, mas em comunicado oficial, a Apple informou estar “muito satisfeita com os acordos e com a negociação” e que espera que “este novo capítulo da história da empresa traga bons frutos e melhores produtos tanto para os antigos clientes Apple quanto para os novos que virão da Microsoft.”

Via CNN e ajuda de Sapo


  • miroca

    É… dependendo do dia que estivesse lendo essa notícia… sem dúvida eu me mataria…

  • [ LuKiTaS ]

    hahahahahahahahahah

    Pegadinha do Malandroooo
    auhauhauhaua

    e bela fonte da CNN eim…hahaha

    =D

  • hahahahahahahahaha.
    se eu não soubeeeeesse, certeza que eu teria caido!
    ainda mais vindo do Thio! haha.

    :)