Starbucks e seus reciclados

starbuckslogo

Esses dias estava de bobeira e resolvi pegar um café no Starbucks… fazia tempo que não tomava um… Bem gostoso, isso é, se vc souber montar seu café direitinho, pq convenhamos que por algum motivo místico o Starbucks daqui não é a mesma coisa do de lá. E não, não importa que o café é fraco. Prefiro dizer que é diferente… mas enfim!

Estava conversando em um dos sofazinhos e, enquanto isso, fiquei brincando com o meu copinho ‘tall’ de café que já estava quase no fim (double capuccino, com leite desnatado e calda de chocolate)… NIKI (tradução: NO QUE) olho para a faixinha de papelão que colocam em volta do copo para que não queimamos nossas mãos e vejo a surpreendente frase (em inglês, português e espanhol): ‘Produzido com 65% de fibra de papel utilizada’.

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Eu sei, eu sei. Isso pode parecer não tão fantástico assim para vc. Mas amiguinho, pra mim foi demais! Quando ainda na faculdade, fiz alguns trabalhos ligados a re-utilização de materias, reciclagem, etc e sempre fico muito feliz quando vejo uma empresa ou mesmo uma pessoa singular se preocupando e investindo um pouco mais nisso. Meu colega Cholla com certeza deve achar isso demais! Então aqui vou eu dar algumas informaçõezinhas pra vcs:

O papel reciclado que usamos mto hoje em dia, por exemplo. Várias empresas, bancos, pessoas imprimem tudo nele. Sabe né? Mostrar preocupação com o meio ambiente vende mais hoje em dia! Ainda mais com o reciclado, que já tem aquela aparência meio bege e com fibras que não enganam: tá lá! É papel 100% reciclado uhuu!

Mas nhé… não é tão mágico assim, afinal, não sei quantos sabem disso mas apenas 25% (no máximo) das fibras desse papel são de papel já utilizado. Sim! Os outros 75% são de fibras não utilizadas re-processadas. Tá, tudo bem, 25% já é grande coisa. Mas a maioria das pessoas vê o ‘100% reciclado’ e fica super feliz! A grande verdade é que não existe lá muuuuuito investimento para que consigamos desenvolver um papel 100% re-utilizado que possa ser usado para impressos em alta definição e tal. O papel deixa uma textura muito grosseira e as fibras de papel reciclado não são tão longas como a do papel convencional novinho. Ah! Não vamos deixar de mencionar que o reciclado é mais caro do que o comum, para se ter idéia de como não é tão simples assim utilizar a reciclagem de papel ou mesmo outros materiais.

Todo esse papo nos trás novamente às idéias Starbucks…

Cinto de papel: 65% feito com fibras reutilizadas. O aumento da porcentagem já deixou o caso mais mágico para você? Investimento aqui para desenvolver um papelão como qualquer um outro, mas com fibras recicladas. A textura é igual, a cor é igual… Só descobri porque li a pequena linha em fonte corpo 8? 7? que informava sobre o diferencial.

Guardanapos: 100% reciclados. São mto semelhantes com o papel reciclado que usamos aqui. Não vou saber informá-los qual a porcentagem de fibra re-utilizada, mas de qualquer jeito, casa muito bem com a idéia ‘vamos re-aproveitar!’

Copinhos de café: Veio aí a surpresa! Comecei a pesquisar sobre as atitudes da Starbucks de investir e utilizar materiais reciclados quando li em diversos lugares sobre seus copinhos reciclados. Sim! Em 2004 ou 2005 a Starbucks conseguiu autorização para produção e utilização de copinhos que utilizam 10% de fibra de papel já utilizada. Meu amigo! 10% para a indústria alimentícia é uma grande coisa, pois foi a pioneira em desenvolver uma material reciclado que se mantém em contato com o alimento. Os copinhos reciclados já são utilizados em várias lojas Starbucks nos EUA e no mundo. Claro, são mais caros para eles na hora de produzir (o preço do café é o mesmo em qq copo) por isso só utilizam esse copo em lojas que vemdem a valer! De qualquer maneira, existe toda uma política para que os materiais sejam corretamente manuseados para uma futura reciclagem (vcs podem imaginar a quantidade de copinhos que eles usam por dia?)

Ah! Por última rola uma atitude e política muito interessante que deixa todo mundo mais feliz: tá afim de um café? Leve vc mesmo seu copo ou caneca e ganhe um desconto no preço do seu café!

Há algum tempo atrás comentei com outro profissional da área como nos era difícil adaptar um projeto gráfico completo para que fosse mais ‘sustentável’. Deixei a seguinte idéia: qual a causa disso? por que existem poucas opções de substratos, tintas e processos quando se quer fazer um projeto ecologicamente correto? por que sempre entramos em contato com a gráfica para pedir o couché 220g/m2? serão as empresas, gráficas, governos responsáveis pela falta de investimento em pesquisa de novos e variados processos inovadores que agridem cada vez menos o ambiente? ou nós mesmos, os velhos e bons companheiros eternos do couché, verniz uv e bopp?

Vamos pensar! Quanto mais orçamentos inteligentes, mais informação para os clientes e, principalmente, maior exigência para com processos e materiais sustentáveis, maior a oferta!

Fonte: Para quem quiser ler mais sobre as atitudes da Starbucks, esse é o link com o texto mais completo e dedático (em inglês): Starbucks Paper Project

ps: enquete! descrevam lá os elementos da marca Starbucks e os sentidos de toda a composição! (sereia? rainha? rabos? peixes?)


  • Thabata!!!

    Grande post Miriam. Já li diversas vezes o tal do 65% lá, mas nunca tinha parado para pesquisar. E acho que, por mais que o Starbucks seja uma empresa um pouco “monstro” (porque eles aparecem em todo lugar e acabam dizimando as lojas de café pre-existente) não podemos negar esse tipo de atitude. Eu tenho meu copinho próprio por causa deles!
    E nessas horas realmente, baixemos o couche! Queremos clientes que sejam mente aberta aos recicláveis. Aqui no Oeste dos EUA o pessoal é bem mais cabeça aberta, e você vê esse tipo de atitude em muitos lugares.

  • Rodrigo V. Russo

    Oi Miriam.
    Trabalho no desenvolvimento gráfico de um empresa de embalagens. Ha alguns meses produzimos sacolas para o Starbucks de papel Eco Kraft que é 100% reciclado.
    Pode procurar pelo material nas lojas do mesmo, assim poderá ver a qualidade de impressão, não vamos comparar a impressão em couché, mas esta com uma ótima qualidade.

  • Pingback: Boteco Design! » Blog Archive » Eco-packaging: The North Face()