Jay Z Decoded — Boteco Design
fade
4020
post-template-default,single,single-post,postid-4020,single-format-standard,eltd-core-1.2,malmo-ver-1.2,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-ajax,eltd-grid-1300,eltd-blog-installed,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-slide-from-top,eltd-fullscreen-search,eltd-search-fade,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

Jay Z Decoded

Bom, sem querer ser preconceituosa, mas… eu não quero ler o livro do Jay Z. Eu não me interesso por esse tipo de celebridade, não me interessa o tipo de fofoca que pode vir a aparecer no meio, e realmente acho que tem muita coisa boa para ler antes de uma biografia do Jay Z.

Mas, falemos a verdade, em uma coisa o Jay Z acertou, que foi usar a quantidade massiva de dinheiro que ele tem e deixar a campanha do livro para uma agência de peso como a Droga5, que fez publicidade para a Puma, o Raphsody, Bing e Unilever, entre outros.

A agência então bolou uma campanha muito legal (extremamente viral), envolvendo algumas cidades dos EUA (principalmente New York, claro) e o Bing, que começou agora no dia 15 de novembro, que é uma espécie de caça ao tesouro com partes do livro espalhadas pelas cidades ou online. Quando você encontra uma dessas partes, os “jogadores”ganham créditos online e podem ganhar prêmios ou entrar em sorteios de livros autografados.

Os locais escolhidos tem a ver com momentos do livro. Entre eles está uma jaqueta Gucci… é, nem depois de ver essa campanha eu vou querer ler o livro, mas, estão aí algumas fotos.

Via: ignant.de; freshness magazine