Apple vs Microsoft. de novo.

publicidade

Mac vs Windows

mais um capítulo na “guerra” Apple vs Microsoft, que acontece há bons anos: a nova política de preços da Apple no Brasil. resolvi falar sobre ele porque tem um impacto gigante para os designers e brasileiros em geral que usam computadores da maçã.

os computadores da Apple sempre foram considerados mais confiáveis do que os PCs, e dois motivos importantes sustentam essa ideia: o sistema operacional OSX ser mais estável e travar muito menos do que o Windows, e a impossibilidade de trocar os hardwares da máquina – contrário do que acontece nos PCs que são totalmente customizáveis e podem ter peças de qualquer fabricante, de qualquer origem. durante muito tempo a Apple construiu sua marca apoiada pela incrível qualidade de seus produtos, facilidade para serem usados, e as pessoas estavam dispostas a pagar um valor acima do que pagariam por um PC para terem esses benefícios. e eu me coloco neste grupo.

mas a nova política de preços que entrou em vigor em outubro de 2015 é um caminho perigoso para a marca. um Macbook Pro top de linha saiu de altíssimos R$ 16.999,00 e atingiu astronômicos R$ 23.499,00. a justificativa da empresa é a alta do dólar no país. quase 24 mil reais no laptop que custa 2.500 dólares nos EUA. o valor praticado no Brasil quase compra um carro 0km. um empresário que está montando um escritório de design e quiser 5 Macbooks Pro vai ter que desembolsar mais de R$ 117 mil.

Windows 10

tela do novo Windows 10

estes valores começam a deixar os produtos em um patamar difícil de ser alcançado, parecendo mais produtos de luxo do que de uso disseminado. e aqui se abre uma oportunidade de ouro para a Microsoft e os fabricantes de laptops que rodam Windows 10. suas máquinas estão subindo de qualidade, o Windows vem apresentando constante evolução e se mostrando mais confiável e dando menos dor de cabeça no dia a dia, e talvez as pessoas se vejam forçadas a comprar um PC para testar novamente. e se este PC se mostrar rápido, confiável, sem dar pau a cada 5 minutos, sem ficar excessivamente lerdo depois de algum tempo de uso, as pessoas vão pensar “porque eu vou pagar 24 mil em um Mac se esse PC de 3 mil fez tudo que eu precisei e parece excelente?“. se a estratégia da Apple for esgotar os bolsos dos clientes até não poder mais, talvez seja tarde para reverter esse cenário quando o Windows voltar a reinar e tiver conquistado seus antigos “inimigos”.

mm
designer, baterista, adora música e cachorros. Head na UNO+BRAND, ajuda a construir histórias e marcas.
  • Alana

    Realmente comprar um Macbook está ficando fora de cogitação. Eu cogitei até comprar um usado, para ver se a situação ficava melhor (financeiramente), e encontrei esse site aqui http://www.usadobrasil.com.br/ que faz uma busca em vários sites (tipo mercado livre, olx e outros do tipo) e te da todos os itens usados. Fica de dica para quem estiver procurando por um mac usado, pode ajudar bastante! =)