Jean Carlos Silveira, Autor em Boteco Design
fade
88890
archive,author,author-jean,author-88890,eltd-core-1.2,malmo-ver-1.2,eltd-smooth-scroll,eltd-smooth-page-transitions,eltd-ajax,eltd-grid-1300,eltd-blog-installed,eltd-header-standard,eltd-fixed-on-scroll,eltd-default-mobile-header,eltd-sticky-up-mobile-header,eltd-dropdown-slide-from-top,eltd-fullscreen-search,eltd-search-fade,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive

A obra de Basquiat a caminho do Brasil

Enquanto o prefeito João Dória se preocupa em deixar os muros mais cinzas e acabar com os "pixo", o Masp traz uma ótima notícia para os fãs da arte, sobretudo arte urbana. No próximo ano (2018) o museu vai receber uma exposição dedicada ao novaiorquino Jean-Michel Basquiat. A mostra chegará ao museu 30 anos após a morte do artista. Basquiat ganhou popularidade primeiro como um grafiteiro na cidade onde nasceu e então como neo-expressionista. As pinturas de Basquiat ainda são influência para vários artistas.Pinturas e desenhos somam 40 obras que devem fazer parte da exposição, que será a primeira grande mostra do Basquiat aqui no Brasil (em mais de 20 anos ). Jean-Michel Basquiat é um dos grafiteiros respeitados do mundo, no final dos dos anos 70 ele começou a pintar e dar cara nova às ruas de Nova York. Em uma mistura de caos e quase sempre remetendo às suas origens africanas, sua obra é chamada de ‘primitivismo intelectualizado’Como quase todo grande artista, o cara fez ainda mais sucesso depois de morto (que triste), suas obras tem valores milionários, hoje Basquiat faz parte do clubinho VIP dos grandes artistas, integrando o acervo dos principais museus do mundo e ainda costumam atingir preços...

O bonde do design brasileiro invade Nova York

Conseguir um trampo e morar nos Estados Unidos sempre foi um sonho para muitos designers daqui do Brasil (né non?). O país é um dos lugares que concentra um grande número de profissionais criativos, sobretudo de designers. Neste cenário, Nova York se destaca, apesar da era Trump, cresce o número de brasileiros na indústria criativa dos Estados Unidos que atuam em diferentes vertentes do design. Com a proposta de unir toda essa turma de designers brasileiros que vivem nos States, e discutir o design “made in Brazil”, foi criado a Bonde - Uma conferência de design brasileiro que vai acontecer no Brooklyn, em Nova York, no dia 22 de Julho. O evento vai abordar temas sobre design e a diversidade brasileira fora do Brasil.Bonde é uma iniciativa de designers e criativos que moram em NY e São Paulo e tem como objetivo celebrar o design feito por brasileiros,  dentro e fora do país, discutir os desafios atuais da área, compartilhar projetos e negócios de sucesso. A conferência vai focar em temas importantes dentro do universo do Design, como diversidade e qualidade,  empreendedorismo, inovação, a identidade do design brasileiro — Ou discutir se a ‘gente realmente precisa ter uma’, e muitos outros assuntos...

Desenho para todos! AutoDraw

O Google novamente nos surpreende (e assusta) com sua nova ferramenta de desenho. Criada no núcleo de inteligência artificial mantido dentro da empresa, o Auto Draw surge para facilitar a vida de quem só sabe fazer boneco palitinho, ou pra quem já tem alguma noção de desenho e quer agilidade em seus rabiscos. Vamos combinar, desenhar em um celular ou computador geralmente é uma tarefa bem lenta e desastrosa, num é? O AutoDraw vem democratizar o desenho pra galera, ele  é uma ferramenta que busca em um extenso banco de dado, diversos desenhos e formas criados por artistas bem talentosos, e consegue prever o que queremos desenhar antes mesmo de terminar o desenho.Funciona assim: Você começa a desenhar, faz um primeiro traço da figura que deseja, a partir daí, o AutoDraw começa sugerir possíveis desenhos finalizados, baseado no traço que você está buscando fazer, basta algumas tentativas para ele te apresentar um desenho perfeito.É possível mudar o formato da página, colorir, redimensionar, mover objetos, escrever, enfim, você tem total autonomia para criar, no final é só salvar sua "obra de arte" em formato PNG.A ferramenta de sugestão do AutoDraw usa a mesma tecnologia usada no QuickDraw (quickdraw.withgoogle.com), para adivinhar o que...

What Design Can Do SP discute o poder do design

Você já parou para pensar no que o design pode fazer para deixar você mais feliz? Ou qual o impacto que o design pode gerar em um determinado grupo da sociedade? Ou então como o design pode melhorar a vida de pessoas que vivem em situação de risco? São Paulo novamente será palco de um dos eventos mais respeitados sobre design no mundo, o What Design Can Do.O evento vai rolar nos dias 13 e 14 de dezembro, e irá reunir cerca de 20 palestrantes de diversos países para abordar importantes questões, como o que o design pode fazer por questões urbanas, refugiados, comida, consciência cultural e comunicação.Bebel Abreu, produtora e sócia brasileira do evento, destaca que a importância do evento é discutir o design como comportamento – e não como disciplina. “Apesar de o papel do design estar mudando mundo afora, ainda é muito associado à estética. Não temos nada contra cadeiras bonitas, mas acreditamos que o design é uma importante ferramenta de transformação. É isso que pretendemos discutir na conferência.” — Comenta Bebel.  Dentro dessa premissa, o evento definiu os 5 macrotemas que balizam a escolha dos palestrantes:O que o design pode fazer pela consciência cultural: designers que valorizam a...

Exposição de lambe-lambes reúne mais de 70 artistas no centro de SP

Um dos lugares mais bacana de SP, o Red Bull Station, recebe no dia 3 de dezembro, a sexta edição do Lambes na Laje, mostra que reunirá 74 artistas que “trampam” com lambe-lambes.Na essência, os “lambes” são posters, utilizado para transmitir avisos públicos ou propagandas, mas recentemente consagrou-se no meio artístico como um tipo de intervenção urbana, e até elemento de decoração.O evento que tem curadoria de Nancy Betts e Paula Borghi, ocorre das 14h às 22h e ocupa todo o prédio do Red Bull Station. Na ocasião, ainda haverá uma programação gastronômica especial na laje, com hambúrguer, acarajé, comidinhas árabes, varenikes - tradicional prato da culinária judaica - e também sorvetes. A entrada é free.Quem ficar doido por um dos lambe-lambes da mostra e quiser levar alguns pra casa, não precisa se desesperar — Todos os trabalhos expostos estarão à venda, com preços que vão de R$ 25 a R$100. Entre os artistas e coletivos selecionados, destacam-se Xoxu, Luisa Callegari, Marcello Vitorino, Motta Press e Coletivo 334. Para conferir a lista completa, acesse: http://bit.ly/lambesnalaje.Lambes na Laje #6 • 03. Dezdas 14h às 22h Red Bull Station – Praça da Bandeira, 137 - Centro - São Paulo - SPSalvar...