A cor do ano de 2018 é ultravioleta

lorem ipsum dolor sit - standard

Como já é tradição, a Pantone escolhe uma cor que será a queridinha dos designers e arquitetos no próximo ano. Nesta quinta-feira (7.De), a cor de 2018: o "Ultra Violet" 18-3838 (ou ultravioleta, em português) foi revelado ao mundo. O tom púrpura substitui o verde "Greeney", que foi escolhido para 2017. A nova cor traz mistério e elegância, e é também uma cor super dinâmica que será tendência no design em 2018.De acordo com a diretora-executiva do Pantone Color Institute, Leatrice Eiseman, a cor foi eleita por “comunicar originalidade, engenhosidade e um pensamento visionário”. "Complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere o mistério dos cosmos, a vontade de saber o que está adiante, e as descobertas além do que somos agora. O tom é super versátil - fácil de usar, e combina com tudo. Pra você já ir se atualizando e começar a usar em seus projetos, a cor do ano de 2018 - O Ultra Violet (18-3838), corresponde a cor 2096 na escala C da Pantone.Para saber mais sobre esta e outras cores, corre no Follow the Colours: www.followthecolours.com.br...

Uma ideia promissora para o futuro da mobilidade urbana

lorem ipsum dolor sit - standard

Na última edição do What Design Can Do, que acontece eu São Paulo, a Questtonó, consultoria de inovação com escritórios em São Paulo, Nova York e Rio de Janeiro, apresentou um estudo que aponta para o futuro da mobilidade em grandes centros urbanos. Em um painel que debateu "O fim dos carros ou um novo começo?", ao lado de especialistas no tema, como Renata Grande, da Ford; Caio Vassão, arquiteto, urbanista e professor especializado em metadesign, e Natália Garcia, do projeto Cidades Para Pessoas, Barão di Sarno, designer e sócio fundador da Questtonó, apresentou Digital Rails: uma visão sistêmica para criar novas experiências em mobilidade. Se há apenas dois ou três anos as pessoas imaginavam tratar-se de um futuro distante ou de um filme de ficção científica quando se falava em carros autônomos, agora sabemos que é apenas uma questão de tempo para que nossas vidas estejam cercadas por eles. Todos os dias, empresas como Google, Uber e Tesla aplicam testes e pequenas atualizações em sua tecnologia, o que nos aproxima cada vez mais de uma nova era.Digital Rails propõe uma solução de baixo custo para que a transição entre os dias atuais e a era dos carros autônomos, uma realidade iminente,...

What Design Can Do anuncia finalistas do Climate Action Challenge

lorem ipsum dolor sit - standard

Nós já falamos aqui no BotecoDesign sobre o What Design Can Do São Paulo, certo? No dia 23 de novembro, durante o evento vamos conhecer os ganhadores do Climate Action Challenge - 35 projetos selecionados [entre eles, um brasileiro] trazem uma grande variedade de soluções para o mundo. Uma estrutura que capta água pelo ar no Haiti, uma mochila que carrega uma estação de rádio que prevê desastres ambientais na Indonésia, uma frota de drones para plantar milhares de árvores e um templo móvel para ajudar comunidades a adotar um estilo de vida sustentável. Os 35 projetos selecionados no WDCD Climate Action Challenge são diversos em diferentes sentidos. Os selecionados foram revelados em Eindhoven durante a Dutch Design Week, na Creative Embassy of Climate Action, espaço do What Design Can Do, parte do World Design Event (WDE). O Climate Action Challenge foi criado pelo What Design Can Do em colaboração com a IKEA Foundation e a Autodesk Foundation, e em 2017 recebeu 384 inscrições de 70 países. Os projetos são separados em três categorias: Profissionais Criativos (15 selecionados), Startups (10 selecionados) e Estudantes (10 selecionados). Os projetos selecionados são de designers de 16 nacionalidades que enviaram proposta para os cinco tópicos estabelecidos (Água,...