O bonde do design brasileiro invade Nova York

publicidade

Conseguir um trampo e morar nos Estados Unidos sempre foi um sonho para muitos designers daqui do Brasil (né non?). O país é um dos lugares que concentra um grande número de profissionais criativos, sobretudo de designers. Neste cenário, Nova York se destaca, apesar da era Trump, cresce o número de brasileiros na indústria criativa dos Estados Unidos que atuam em diferentes vertentes do design.

Com a proposta de unir toda essa turma de designers brasileiros que vivem nos States, e discutir o design “made in Brazil”, foi criado a Bonde – Uma conferência de design brasileiro que vai acontecer no Brooklyn, em Nova York, no dia 22 de Julho. O evento vai abordar temas sobre design e a diversidade brasileira fora do Brasil.

Bonde é uma iniciativa de designers e criativos que moram em NY e São Paulo e tem como objetivo celebrar o design feito por brasileiros,  dentro e fora do país, discutir os desafios atuais da área, compartilhar projetos e negócios de sucesso.

A conferência vai focar em temas importantes dentro do universo do Design, como diversidade e qualidade,  empreendedorismo, inovação, a identidade do design brasileiro — Ou discutir se a ‘gente realmente precisa ter uma’, e muitos outros assuntos bacanas.

A lista de palestrantes confirmados traz nomes como Marina Willer – designer e sócia da Pentagram, Jonathas de Andrade – artista brasileiro, Nina Paim – designer e pesquisadora carioca que mora na Suíça, Celso Longo – designer e professor de São Paulo, Marcelo Rosenbaum – designer, arquiteto e criador do projeto A Gente Transforma, Pedro Sanches – designer e creative technologist, Bárbara Soalheiro – fundadora da Mesa & Cadeira. A programação ainda não está completa, mas já dá pra ter uma ideia de como será esse encontro.

Quando se pensa em Design Brasileiro, as referências que vêm na mente não são necessariamente tudo o que a gente anda produzindo. Nossa ideia não é dizer que Design feito no Brasil devia ser isso ou aquilo, mas mostrar, num palco global como Nova York, que existem muitas outras possibilidades também” — comenta Felipe Rocha, um dos idealizadores do evento.

O objetivo da conferência é ser um evento inclusivo, com uma audiência bastante diversa, tanto brasileira quanto internacional. Portanto, ingressos serão vendidos à 30 dólares, um preço bastante acessível se comparado à outras conferências do mesmo formato.

Os ingressos já estão à venda no site www.bonde.nyc.
Bora formar o bonde? Partiu NY!!!

Salvar

mm
Jean é um cara multi-disciplinar, estudou artes plásticas, design e comunicação, é designer na UNO+BRAND. "Party people" de carteirinha, ele também é editor do portal PLUGtronic.com