Campanha contra o desmatamento – Greenpeace

greenpeacetree_0_11

greenpeacetree_021

greenpeacetree_031

Esse anúncio me deixou um pouco intrigada.
Em um primeiro instante achei ótima a sacada. Uma coisa simples que chama a atenção.
Aí comecei a ler os comentários com as reações das pessoas, e percebi que não conseguia mais enxergar o anúncio da mesma forma que o enxergava quando vi pela primeira vez.

Se a idéia aqui é pra alertar sobre o desmatamento, não seria uma mega desperdício utilizar duas páginas? Ou seria apenas uso da metalinguagem?
Ainda estou um pouco intrigada! Aí achei legal trazer essa discussão pra cá!

E aí? O que acharam? Bacana? Desperdício de papel? Ou o máximo pelo uso da metalinguagem?

Opinem!


Via: Comunicadores

  • metalinguagem bacanérrima. Papel, anyway é reciclável. É preciso anúncios que intriguem, que façam pensar, que movam.
    Eu acho que esse cumpriu o seu “papel”.

  • excelente idéia. anúncio muito bom.

    quanto a questão de ser feito em duas páginas, não é desperdício não. pelo que aparenta, o anúncio é bem no meio da revista, com papel diferente do da revista. então o mínimo que pode ser adicionado é uma lâmina, que dá as 2 folhas (ou 4 páginas).

    o anúncio usa sim o mínimo dos mínimos, com essa intervenção na revista. e mesmo se fossem páginas já da revista, se o Greenpeace não comprasse 2 folhas e comprasse apenas uma, alguém compraria a outra!

    =]

  • campeão!

    bom… além disso que o cholla já falou, o que posso acrescentar é que o papel não é o único e nem o maior vilão do desmatamento, pelo contrário, o próprio greenpeace incentiva o uso de papel “verde” (papel que a empresa replanta), pois para cada arvore no chão três são plantadas.

    Pensem… Por qual motivo as pessoas tiram as arvores da floresta? Para que fim que é deixado só com baixa vegetação? Junte isso ao incentivo do governo pela grana que entra, isso é = ?????????

    Pecuária.

    Bom, para os EUA a resposta é o plantio de mamona (aquela usada para fazer o bio-diesel). Uma vez que são invejosos e tem que fazer com milho.

  • Muito bom!

  • Thabata!!!

    Concordo com todos vocês. Papel é reciclável, e vale a pena se alguém se sentir tocado pela mensagem. às vezes eu acho que a mensagem precisa de impacto, e a página dupla vale isso.

  • Thio

    É! Concordo com vocês…
    Por outro lado quantas pessoas vão sacar que eles tão usando o mínimo do mínimo? Para quem não entende como uma revista é constituida de lâminas pode parecer que a propaganda esbanjou papel e fez o oposto do que deveria ter feito, criando um conflito e até uma imagem ruim pra empresa. Nesse sentido gastar uma única lâmina já é desperdicio, se é pra passar a mensagem errada sobre o Greenpeace.

    Mas não sei se a maioria iria pensar esse circo todo sobre essa propaganda né… provavelmente só uma minoria mesmo.

  • acho que o fim justifica o meio. desculpem a frase pronta.