no sábado dia 10 de abril fui convidado para visitar a Sebastiany, escritório de branding em São Paulo.

localizado em um local tranquilo no bairro de Pinheiros o ambiente é bem agradável, e as histórias de Guilherme Sebastiany sobre como tudo começou em seu quarto na casa de seus pais, o improviso na montagem dos escritórios buscando otimizar os investimentos quando tudo ainda estava no começo, as adaptações e pequenas reformas feitas por eles mesmos mostram a paixão pelo trabalho e a vontade em fazer tudo dar certo.

após conhecer todos da equipe que puderam estar presentes naquele dia e os ambientes do escritório fomos para a sala de reuniões. esta era a primeira vez que a Sebastiany recebia pessoas de fora para conhecer mais sobre eles, e o primeiro sinal de que aquela tarde seria proveitosa foi quando Guilherme nos perguntou o que gostaríamos de saber.

acima, o varal de tarefas internas e quem fica responsável por cada coisa

Daniel Campos, Douglas Cavendish e Advan Shumiski completavam o quarteto convidado para tirar todas as suas dúvidas e conhecer mais sobre a Sebastiany, e nós lançamos nossas dúvidas e curiosidades, que eram todas escritas na mesa de vidro. tudo foi cuidadosamente escrito e pacientemente respondido. na visita de mais de 5 horas a equipe nos respondeu sobre processo criativo, processos internos, como administram tempo, trabalhos, novos clientes e administração da empresa.

na apresentação de cases pudemos verificar a busca de referências para os trabalhos na arquitetura, poesia, música e história. conhecemos detalhes desde a primeira reunião com o cliente, a elaboração do briefing, o desenvolvimento e a definição dos conceitos, dos layouts e a apresentação para o cliente. também tivemos a oportunidade de olhar os cadernos de rascunhos, que são sempre guardados e preservam ideias e caminhos abortados e que podem ajudar no futuro.

dois pontos bem legais dessa conversa foram o fato de eles não fazerem alguns tipos de trabalhos, como websites. por não ser da expertise deles eles preferem confiar o trabalho para empresas especializadas na área, que vão receber todo o alinhamento conceitual da marca e desenvolver propostas adequadas e funcionais. o outro ponto é a relação com o cliente, que é quem mais entende de sua própria marca e que vai ter a palavra final. é importante conversar com ele durante o trabalho, indicar as possibilidades de caminhos a serem seguidos e indicar as melhores soluções para o cliente.

a conclusão desta visita foi: a Sebastiany faz projetos de branding, não apenas logos. processos criativos interessantes e resultados muito bons. agora só falta mostrar mais seus melhores trabalhos para todos.

Assine nossa newsletter

Receba o melhor conteúdo para se atualizar e inspirar

Concordo com os Termos de Privacidade do Boteco Design