marca


Reebok – novo logo

a Reebok anunciou seu novo logo. veja abaixo o logo original, a versão que era utilizada e que todos conhecem, e o novo desenho:

 

minha primeira impressão foi: “poxa, eu gostava do símbolo antigo. nada contra ele”. entretanto, gostei do vídeo abaixo falando do novo posicionamento da marca, nas palavras de Matt O’Toole, Global Head da Reebok. é um tipo de mudança que combina com um novo visual (mesmo que não tenha achado ele nada de mais – quem sabe no desenvolvimento da identidade nos materiais?):

 

via

 


Nova marca do Chrome

A nova marca do browser do Google foi liberada e em breve estará na versão estável, por enquanto apenas na beta.

Nota-se que perdeu o 3D, será uma tendência ?

Bom… o que achou?


Peru | nova marca

nova marca oficial do Peru, criada pela FutureBrand.

via Comunicadores


Braufactum

gostei muito dessa identidade da cerveja Braufactum que a alemã Flächenbrand criou:

via Lovely Package


nova marca Brasil

o Governo Federal Brasileiro anunciou a nova marca e assinatura do país:

eu prefiro a marca antiga. não gostei dessa verde e amarela, além da nova assinatura: “País rico é país sem pobreza”. ela reflete uma realidade que ainda não é a do presente. “Brasil, um país de todos” da antiga assinatura era muito mais apropriada. a criação é do publicitário Marcelo Kertész, da África, que trabalhou na campanha de Dilma.

pra quem não lembra, a marca era assim:

uma pena, mais uma marca importante para o país teve sua criação delegada a uma agência de publicidade e o resultado ficou aquém das expectativas.

via M&M e iG


Rio 2016 | marca oficial

se você não acompanhou as notícias neste começo do ano, eis a marca oficial das Olimpíadas de 2016, que vão acontecer no Rio de Janeiro:

muitos disseram que a marca é plágio, foi copiada, bla bla bla. na minha opinião ela tem diversas inspirações, mas não é plágio nem de longe. assistam a este vídeo da Tátil, agência carioca responsável pelo projeto, e sintam melhor todo o conceito que envolveu o processo de criação. com ele dá pra ter uma dimensão melhor da marca, que eu acho simplesmente genial.

é muito bom ver um projeto como esse, com toda essa pesquisa de base, conceituação, e com uma execução perfeita. contrasta fortemente com a marca da Copa de 2014, que é feia e mal resolvida. a marca do Rio 2016 não vai apagar o erro da marca Brasil 2014, mas prova de uma … Read More »


unevolved brands

unevolved brands é um projeto do designer Graham Smith, que reduz as marcas a representações de cor e círculos (como diz o nome do projeto algo como “marcas não-desenvolvidas”):

www.unevolvedbrands.com